Como vender produtos pela internet?!

A internet chegou de vez e para ficar! No artigo de hoje, quero te mostrar a como vender produtos pela internet, sem complicações e tudo forma bem prática.

Preparado?

Muitas pessoas tiveram a ideia de vender pela internet seguindo a onda em que muita gente está ganhando dinheiro vendendo todo tipo de coisa online. Geralmente já tem um produto e quer já começar a criar sua loja virtual.

Como vender produtos pela internet?

Outras pessoas já pensaram na possibilidade de largar o emprego para deixar de depender da paciência para aturar os chefes e ainda por saber que, por mais que trabalhe, quem está ganhando dinheiro na verdade é o seu patrão. Mas não para mudar de emprego, mas para se tornar um empreendedor.

Há pouco tempo atrás, com o surgimento do comércio eletrônico, todo o seu potencial e principalmente pelos benefícios que ele trás – como um investimento mais baixo do que num empreendimento tradicional, os aspirantes a empreendedores viram no comércio eletrônico uma maneira de satisfazer esse seu desejo.

Nessa situação, a primeira idéia é abrir um site para vender alguns produtos. E logo se depara com uma série de questões que nunca havia passado pela cabeça até ver que não está conseguindo vender nada ou que não está sendo suficiente para a sua sobrevivência.

Confira abaixo algumas dicas para vender produtos pela internet.

como-vender-pela-internetTer um site 100% funcional e de ótima navegabilidade

Tudo que estiver disponível no site deve funcionar da melhor forma possível. O cliente precisa ter facilidades ao entrar na loja (usabilidade). Caso contrário, ele desiste em um clique e dificilmente voltará.

Os problemas mais comuns são: site lento, imagens muito pequenas, grande quantidade de anúncios, pouco contraste entre fundo da página e cor da letra inadequada.

Ser verdadeiro e legal

Deve-se evitar prometer o que não se pode cumprir. Também é bom não deixar o cliente confuso, por exemplo, sobre cobrança de frete ou prazo de entrega.

Isso dará confiabilidade ao site e poderá ser fator decisivo de compra. Já em termos legais, o empreendimentos deve alinhar-se às regras obrigatórias para funcionamento de lojas virtuais (nome, CNPJ, atendimento ao cliente etc.).

Ter um site seguro

Há diversas empresas que oferecem serviço de proteção ao site, análise de vulnerabilidades e bloqueio de ataques para garantir operações seguras. É preciso avaliar a solução ideal para o porte do negócio, mas não se pode deixar de garantir segurança ao cliente no momento da compra, pois este é um dos fatores mais determinantes de compra no mercado digital.

Investir na gestão do negócio

Depois que o cliente clica no botão comprar, no site de uma loja virtual, se inicia uma complexa e delicada operação, invisível aos olhos dos clientes e que inclui logística, gerenciamento de pedidos, estoque, relatórios, faturamento, entre outros.

O Back Office (“a parte de trás do balcão”) representa a estrutura física completa nos bastidores do website de uma loja virtual e é fundamental gerenciá-lo para garantir que o produto adquirido pelo cliente seja entregue de acordo com as especificações e o prazo combinado.

Bom é isso galera!

Espero que tenha gostado dessas dicas gratuitas que oferecemos. Mais dicas como essa, você encontra no site: http://vendefacil.blog.br/